top of page

qui., 21 de mar.

|

Igreja São Pedro

Bach all'Italiana

Concerto de aniversário de Johann Sebastian Bach com suas transcrições de música italiana

O registro está fechado
Ver outros eventos
Bach all'Italiana
Bach all'Italiana

Horário e local

21 de mar. de 2024, 20:00 – 21:30

Igreja São Pedro , Av. Cristóvão Colombo, 1629 - Moinhos de Vento, Porto Alegre - RS, 90560-004, Brasil

Sobre o evento

Quer ser notificado quando abrirmos a venda de ingressos? Inscreva-se no site  aqui.

Ingressos entre R$20,00 a R$160,00 

BACH ALL’ITALIANA

Concerto de Aniversário de J.S.Bach

Bach Society Brasil

Fernando Cordella, cravo e direção

Marília Vargas (Brasil/SP), soprano

Cassio Pereira (Brasil/SP), contratenor

Érico Marques, oboé barroco

A abertura da temporada Bach Brasil 2024 celebra o aniversário de Johann Sebastian Bach em um concerto dedicado ao fascínio do compositor alemão pela música italiana. O Ensemble Bach Brasil, formado por especialistas em música barroca tocando em instrumentos de época sob direção de Fernando Cordella, inicia o programa convidando a soprano Marilia Vargas e o contratenor Cassio Pereira para interpretar o Moteto “Tilge, Höchster, meine Sünden” BWV 1083, obra em que Bach transcreve e ornamenta o “Stabat Mater” de Pergolesi. A segunda parte do concerto apresenta o célebre Concerto em Ré Menor para Oboé e Cordas BWV 974, que Bach transcreveu de obra original de Marcello, aqui interpretado pelo oboísta Érico Marques.

O quadragésimo segundo concerto da série Bach Brasil tem realização da Bach Society Brasil e conta com o apoio do Goethe Institut, Instituto Ecossis, EROICA_música, Carangacci música e financiamento dos apoiadores da Bach Society Brasil.

PROGRAMA:

Johann Sebastian Bach (1685 – 1750)

⁠Moteto “Tilge, Höchster, meine Sünden”, BWV 1083

(transcrição de Bach do Stabat Mater de Pergolesi)

⁠Concerto em Ré menor para Oboé e cordas, BWV 974

(Transcrição do Concerto de Marcello para oboé)

SOLISTAS:

MARÍLIA VARGAS

soprano

Uma das mais ativas e respeitadas sopranos de sua geração, Marília Vargas divide seu tempo entre concertos, aulas, masterclasses e festivais de música, que a levam regularmente a diversos países europeus, da América Latina, Japão e China.

Entre suas colaborações com ensembles e orquestras, destacam-se suas diversas atuações com La Capella Reial de Catalunya, Le Parlement de Musique, Ensemble Turicum, Zürcher Kammerorchester, Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo e Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP) - que a levam regularmente a diversos teatros, entre eles o Wiener Konzerthaus, Theatre Royal de Versailles, Berliner Konzerthaus, Gran Liceo de Barcelona, Tonhalle Zürich, Theater Basel, Helsinki Music Centre, Auditorium de Dijon, National Center of Performing Arts em Pequim, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Theatro Municipal  de São Paulo e Sala São Paulo.

Formada em Canto Barroco na Schola Cantorum Basiliensis e em Lied e Oratório no Conservatório de Zurique, na Suíça, estudou com Neyde Thomas, Montserrat Figueras, Christoph Prégardien e Silvana Bartoli.

ÉRICO MARQUES

oboé barroco

Iniciou seu treinamento musical aos 8 anos de idade e teve seu primeiro contato com o oboé aos 10. Devido a falta de professores na cidade em que residia, Goiânia, em Goiás, Érico começou a ser orientado formalmente somente aos 13 anos de idade quando passou a viajar à Brasília para fazer aulas com o professor José Medeiros. Em 2011, aos 17 anos, mudou-se para São Paulo para cursar o Bacharelado em Oboé na UNESP, sob orientação do professor Arcádio Minczuk. Dois anos mais tarde, deixou a universidade para integrar a Academia de Música da OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) onde foi orientado por Joel Gisiger e tocou em vários concertos da temporada oficial da orquestra. Em 2015 venceu um dos prêmios do Concurso Eleazar de Carvalho que concedia um intercâmbio na Royal Academy of Music (UK), no qual estudou com a professora Cilia Nicklin. Ao voltar para o Brasil atuou como 1º Oboé da Orquestra Sinfônica de Goiânia e Oboé principal da Orquestra Filarmônica de Goiás. Atualmente é oboísta solista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre.

FERNANDO CORDELLA

direção artística e cravo

É considerado um dos cravistas mais ativos de sua geração na América Latina. Em 2015 recebeu o prêmio TOYP JCI Brasil como a figura mais expressiva no Brasil do ano, na categoria “Êxito Cultural”. Diretor artístico e maestro titular da Sociedade Bach Porto Alegre e Bach-Brasil. Desde 2016, é o professor da classe de cravo da EMMSP – Escola Municipal de Música de São Paulo e um dos coordenadores da Oficina de Música Barroca da mesma instituição.

Tem atuado fortemente como solista e maestro convidado nas principais orquestras do Brasil e exterior. Atuou sob direção de: Peter van Heyghen, Nathalie Stutzmann, Luiz Otávio Santos, Michaela Comberti, Olivia Centurioni, Bart Naessens, Roman Garrioud, Juan Manuel Quintana, Rodolfo Richter, entre outros.

Iniciou seus estudos com a pianista Dirce Knijnik, e no cravo teve Nicolau de Figueiredo como seu principal mestre. Vencedor do Prêmio Açorianos 2011 como melhor intérprete da categoria música erudita pelo disco “CRAVOS – de Frescobaldi a Mozart”.

CRÉDITOS:

Direção artística: Fernando Cordella

Direção audiovisual: Caio Amon

Direção e Engenharia de som: Fabiano Cordella

Direção de produção: Ilton Carangacci

Direção de Fotografia: Caio Amon

Assistência de produção: Eduarda Piltcher

Montagem e Arte gráfica: Marcelo Freire

Assessoria de Imprensa: Carangacci música

Produtora audiovisual e de conteúdo: EROICA conteúdo

Presidente da Bach Society Brasil: Bernardo Frederes Krämer Alcalde

Secretariado administrativo: Alexander Kleine

Financiamento: Mecenas e apoiadores da Bach Society Brasil

MECENAS

- Arthur Hertz

- Fabiano Saraiva

- Fábio Ramos

- Fernando de Abreu e Silva

- Gilberto Schwartsmann

- Nelson S. Dvoskin

- Sonia Pacheco Sirotsky

APOIADORES

- Aldo Luiz Duarte

- Alexandre Schmidt Nanni

- Ana Lúcia Rassi

- Ana Raquel Salgado

- Angelo Alberto Viero

- Beatriz Fontana

- Beatriz Tavares Franciosi

- Bernardo Frederes Krämer Alcalde

- Betina Fritsch

- Betina Z. Goldani Serrano

- Camilla Zahn

- Camila Machado

- Carla Hunsche

- Carolina Fonseca

- Clarisse Schneider

- Caudia Beylouni Santos

- Dania Damiani Branco

- Denise Roos

- Doris Maria Schneider

- Erica Schultz

- Fernanda Chiarello Stedile

- Flávio Ricardo de Abreu Fialho

- Flávio Sehn

- Flávio Shansis

- Gladis Falavigna

- Heitor Inhaquites

- Iara Jalfim

- João Luiz Franciosi

- João Paulo Bittencourt Cardozo

- Jonas Badermann de Lemos

- José Roberto Goldim

- Lenita Wannmacher

- Linjie Zhang

- Lorenzo Filippin

- Luciana Karine de Souza

- Luiz Fernando Laser

- Marcello André Barcinski

- Marcelo Goldani

- Marcelo Gus

- Marcia Ferreira

- Marcia Santana Fernandes

- Maria Chiuchetta

- Maria Zelia Peretti

- Mariana Paim Santos

- Marisa Eizirik

- Matheus Bazzo

- Mauro Pontes

- Miguel Fayet Trein

- Monica Blaya de Azevedo

-Náira Michel

- Patrícia Rondini

- Raul Hartke

- Regina Orgler Sordi

- Ricardo Barbosa Lima Faria Corrêa

- Sergio Lewkowicz

- Terezinha Licks

- Valeska Fasolo

Ingressos

  • VIP

    Lugares numerados na frente

    R$ 340,00
    Taxa de serviço de R$ 8,50

Total

R$ 0,00

Compartilhe esse evento

bottom of page